#DicaRME: O sucesso não cabe na bolsa

Capa

Todo mundo busca um trabalho que tenha a melhor remuneração ou o maior lucro possível, afinal de contas, quem não precisa de dinheiro? Mas trabalhar só por dinheiro é ser bem-sucedida? Patricia Lages afirma que não.
 
Em seu quinto livro, “O sucesso não cabe na bolsa”, a autora defende que só é possível ser, de fato, bem-sucedida a pessoa que trabalha com um propósito que vá muito além de sua conta bancária. Ter qualidade de vida, um bom convívio familiar e exercer um trabalho que faça a diferença na vida das pessoas são quesitos que valem mais do que dinheiro. E, quando se tem tudo isso, é claro que o resultado financeiro aparece.
 

A cada capítulo, Patricia convida a leitora a refletir em vários aspectos da vida para tirar conclusões primordiais para uma vida mais feliz, tais como: Qual a sua relação com o dinheiro? Você se acha merecedora de conquistar mais do que tem? Você “problematiza” situações para se auto boicotar?
 

Patricia foi buscar na história antiga, personagens com uma trajetória de vida de sucesso e que, antes mesmo dos conceitos de empreendedorismo e gestão de pessoas existissem, eles já haviam sido testados e aprovados. Estudando a história de dez personagens da Torá Judaica, o Antigo Testamento da Bíblia Cristã, a autora traz à tona estratégias modernas que servem para toda e qualquer pessoa que queira ter uma vida profissional bem-sucedida. A obra tem caráter histórico e administrativo, em nada religioso, mas que exalta a sabedoria milenar de histórias que muitas de nós ouvimos desde criança.
 

O desfecho fica por conta de dicas práticas para fazer as coisas acontecerem, ou seja, a leitora que se sentir impulsionada a mudar, crescer e fazer a diferença, conhecerá alguns caminhos a percorrer e, de fato, chegar a uma vida de sucesso, segundo suas escolhas e desejos.
 

Ficha técnica
O sucesso não cabe na bolsa
230 páginas
Editora United Press
R$ 32,90
 

Fonte: Divulgação

s;