PrograMaria lança relatório sobre desafios das mulheres no mercado de Tecnologia

tecnologia

Em busca da igualdade de gêneros e desenvolvimento da diversidade no mercado de TI, a PrograMaria, projeto apoiado pela CA Technologies, lança o relatório “Por que o machismo cria barreiras para as mulheres na tecnologia”, durante evento em São Paulo. Serão apresentadas histórias de superação e relatos sobre o que pode ser feito para desenvolver um setor mais heterogêneo.
 
Com a presença de executivas da área, que contarão suas próprias trajetórias e como prosperaram em um ambiente altamente competitivo, o lançamento do estudo será realizado no auditório do NuBank, que também está apoiando o evento, dia 17 de maio, em São Paulo.
 
Apesar da história estar recheada de exemplos do pioneirismo das mulheres no mercado de tecnologia, há décadas as portas do setor se fecharam para o público feminino. Fatores como educação, estereótipos construídos a partir de premissas indefensáveis e muito machismo contribuíram para essa exclusão. “O incentivo à presença feminina na área de TI deve começar na educação básica, mostrando que meninas e meninos possuem a mesma capacidade. Se todos vão consumir a mesma tecnologia, todos devem estar envolvidos na sua criação”, comenta Iana Chan, cofundadora da PrograMaria.
 
Para debater esta realidade, estarão presentes Bárbara Castro, Professora no Departamento de Sociologia da Universidade Estadual de Campinas e Pesquisadora do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu, Caroline Cadorin, Diretora da Hays Brasil, Cristiane Vargas, Líder de Governança de TI da Serasa Experien, Daniele Costa, VP da Arcserve. A mediação ficará por conta de Alexandre Scaglia, Diretor de Comunicação e Responsabilidade Social da CA Technologies para a América Latina, que ocupa o papel de “ele por elas”, mostrando e incentivando que homens sejam responsável para promoção da igualdade de gênero.
 
Em seu compromisso com a diversidade e a educação em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM), a CA Technologies realiza globalmente investimentos em mais de 20 programas e instituições, para promover a igualdade de gênero e educação, adaptados a diferentes níveis de níveis da sociedade. Alexandre Scaglia comenta que “o compromisso da CA com a sociedade para ajudar na redução das lacunas de habilidades e a desigualdade de gênero não é apenas para o desenvolvimento do mercado de tecnologia, mas como propósito mais amplo, que atinja toda a sociedade.”
 
As vagas para acompanhar o lançamento do estudo e acompanhar os debates são limitadas. Mais informações e inscrições para participar do evento podem pelo link.
 
Programação
Relatório será lançado durante evento com presença de executivas de destaque no setor de Tecnologia;
Palestrantes apresentarão suas histórias, dificuldades e o que fizeram para superar os desafios do mercado;
Debate também irá falar sobre o que empresas devem fazer para desenvolver a igualdade de gênero na sociedade.
 
Serviço
Tecnologia e o gap de gênero: em busca do equilíbrio
Quando: 17 de maio de 2018, quinta-feira
Onde: Nubank – R. Capote Valente, 39, Auditório, Pinheiros. São Paulo, SP
Inscrições: gratuitas pelo link: http://goo.gl/t43Jri

s;