loader
VIRADA EMPREENDEDORA
COWORKING



clear

O que acontece se o retorno do investimento não vem no tempo previsto?

O tempo de retorno e o faturamento são calculados com base em uma média, por isso, é preciso fazer um acompanhamento da unidade com a franqueadora

Por Ricardo Bomeny*

 

Divulgação
O investimento em franquia não é uma aplicação financeira pré-determinada. Os tempos e os retornos sempre são médios, pois dependem de vários fatores. Além da localização, é necessário avaliar o ponto de maturação, que é diferente para cada negócio. Por exemplo: se uma unidade for aberta em uma área residencial nova, onde muitas construções ainda estão sendo terminadas, em teoria, isso deverá alongar o prazo de retorno, mas o potencial futuro será muito bom.
Outro fator a ser considerado é a operação do negócio. Muitas vezes o franqueado não está totalmente comprometido com o negócio, não consegue reunir uma boa equipe de trabalho ou, por falta de supervisão, sofre desvios de estoque ou tem desperdícios acima do possível. A melhor política é avaliar sempre com o franqueador a performance da unidade ao longo do tempo, para evitar surpresas. 
* Ricardo Bomeny é presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF) 

** Texto adaptado do original "Divã do Empreendedor" (Site PEGN)
Fonte: PEGN

Sobre o autor:
Equipe RME

OUTRAS NOTÍCIAS

2014

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.