loader
COWORKING



clear

O que as empresas aprenderam sobre Mídias Sociais

Depois de alguns anos de ceticismo e desconfiança, 2010 foi o ano da consolidação das mídias sociais como estratégia de Marketing, além de uma excelente maneira de atendimento ao cliente e uma ferramenta de construção de relações muito além das expectativas.

Empresas de todos os portes voltaram os olhos para diferentes estratégias de mídias sociais e começaram a entender o mundo do Facebook, Twitter, Flickr, entre outros, engajando-se em fóruns, blogs, criando vídeos para web e mais: elas perceberam que não tem controle sobre a sua marca e quanto mais humana e focada em criar relacionamentos duradouros com seus clientes melhor será seu resultado.

Em minhas palestras, cursos e aulas durante o ano bati fortemente em algumas teclas. São elas:

Não é de graça: Social Media Marketing custa tempo - muito tempo. O Marketing one-to-one, a segmentação de mercado, o Marketing de Relacionamento e o monitoramento fazem parte de planos de mídias sociais que quando bem executados proporcionam um excelente ROI para as empresas.

Ser Criativo: A mídia social não é venda de mídia. Seja social. Menos mídia, mais social é o meu mantra preferido. Divirta-se ao envolver a sua comunidade, faça-a comentar em seu blog e participar das suas campanhas. Engajar.

Ter uma equipe: Seja uma equipe interna ou tercerizada, mídia social não é para "o estagiário que sabe mexer no Orkut". A equipe deve ser treinada para ter uma compreensão sobre como ajudar os clientes, gerar conteúdo relevante, fazer relacionamento e vender o produto ou serviço de maneira sutil e inteligente.

Comece com os funcionários: As pessoas que sabem como falar sobre sua empresa, marca e cultura da melhor forma são seus colaboradores. Os funcionários são os primeiros a compartilhar com suas comunidades e da rede da sua experiência com a sua empresa e marca. Ter um tutorial e um treinamento para não cometer erros comprometedores para a empresa é fundamental.

Ouça primeiro: Chegar com um megafone e explodir mensagens publicitárias como na mídia tradicional não é o melhor caminho. Comece monitorando, escutando e entendendo a sua audiência, como ela pensa e o que pensa sobre sua marca, produto, serviço e segmento de mercado. Em seguida estenda a mão e comece o contato com seus clientes, colaboradores e fãs de sua marca e faça-os sentirem que estão no centro da conversa.

Transforme os clientes em Marketing: Os clientes que se sentem reconhecidos e apreciados são leais, animados e ansiosos para ajudar a ser evangelistas da sua marca, sem nenhum custo.

Certamente não foram todas as empresas que conseguiram tratar as mídias sociais de forma correta em 2010, mas foi um ano de grande evolução neste segmento. Para 2011 desejo muito sucesso para as empresas e que o Marketing Digital ganhe o espaço merecido no Brasil com os grandes profissionais que temos no mercado.
 
Por André Telles*
 
* André Telles é publicitário, professor, autor dos livros “Orkut.com”, “Geração Digital” e “A revolução das Mídias Sociais” e CEO da agência especializada em marketing digital Mentes Digitais.
 
 
 
http://mundodomarketing.com.br/17071,artigos,o-que-as-empresas-aprenderam-sobre-midias-sociais.htm
 

OUTRAS NOTÍCIAS

2014

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.