loader
COWORKING



clear

Oito dicas para investidores iniciantes na Bolsa

Para aqueles que vão investir e ainda não sabem como começar, o diretor do Easynvest, Amerson Magalhães, dá dicas que podem ser aliadas à facilidade das operações pela internet via home broker. O investidor tem em mãos ferramentas importantes para investimentos e com algumas informações estará preparado para o universo das ações.

1 - Economizar

Para investir é preciso ter um orçamento equilibrado: cortar gastos desnecessários, evitar dívidas, não entrar nos juros do cheque especial ou no rotativo do cartão de crédito. Com o orçamento em ordem e sem dívidas, fica fácil administrar os recursos e destinar uma fatia das receitas mensais para seus investimentos.

2 - Estudar

Buscar informação de qualidade é a melhor maneira de aprender a investir. A Bolsa de Valores e programas de educação financeira como o Começando do Zero fornecem explicações claras e cursos gratuitos sobre o mercado, orientando os primeiros passos do investidor no mercado acionário.

3 - Ter um objetivo

É importante sonhar e traçar seus objetivos de longo prazo. Viajar para o exterior, comprar um carro à vista, casar sem dívidas, adquirir um imóvel sem ter que pagá-lo em até 30 anos de prestações intermináveis, ou ainda se aposentar e ter uma vida tranquila e com conforto. Todos esses sonhos podem ser realizados pelo investidor que possui horizonte de longo prazo e a perspicácia para descobrir oportunidades de bons negócios e perceber que o investimento em ações envolve riscos no curto e no médio prazo, o que exige dedicação e paciência.

4 - Escolher uma corretora

A corretora é a parceira do investidor nessa caminhada ao futuro. É a instituição que provêm ao investidor as informações e os instrumentos para facilitar suas operações na Bolsa de Valores. Ao escolher uma corretora, o investidor deve avaliar o atendimento, as ferramentas tecnológicas disponíveis, o suporte ao investidor, a tradição da instituição e os custos.

5 - Informar-se sobre as companhias

Antes de comprar ações, o investidor deve estudar e se informar sobre as companhias com ações negociadas na Bolsa de Valores. É importante buscar informações em sites de conteúdo confiáveis, em seções de economia de jornais e revistas com credibilidade, estudar relatórios financeiros divulgados regularmente pelas companhias em seus respectivos sites de Relações com Investidores. Não faça investimentos confiando em boatos ou informações de amigos.  O investidor iniciante pode perder dinheiro ao aplicar de forma errada ou precipitada. Estude os papéis listados no pregão e decida sobre o melhor momento de entrar na Bolsa.

- Comprar ações

Feita a lição de casa e definido onde você deve aplicar seu dinheiro, utilizar uma plataforma de negociação como o Easynvest para comprar ações é fácil. Com poucos cliques a compra é executada. Mas observe também o momento para comprar. Especialistas sempre indicam que o investidor deve observar as boas oportunidades de compra quando a Bolsa está em período de baixa, no intuito de diminuir o risco do investidor comprar um papel caro em períodos de alta.

7 - Diversificar

É importante o investidor diversificar, ou seja, investir em diversas companhias para diminuir os riscos. Quando uma determinada empresa vai mal, uma outra pode estar bem, e assim equilibrar a carteira de investimentos. Outra opção é o investimento em ETFs, são carteiras de índices que espelham o próprio Ibovespa ou setores da economia brasileira. Os ETFs são mais atraentes que os fundos de ações oferecidos pelos bancos que cobram altas taxas de administração.

8 - Vender Ações

O investidor deve acompanhar com regularidade seus investimentos em ações. Nessa etapa é preciso verificar a rentabilidade dos papéis e perceber quando é melhor momento para vender as ações. Pessoas ansiosas cometem o erro de vender as ações quando o mercado passa por períodos de nervosismo ou de crise. O ideal é manter a calma tanto nos momentos de crise como nos períodos de euforia, e vender as ações na alta do mercado.

“Na dinâmica do mercado acionário, o investidor não deve ter amor ao papel, deve realizar lucros e aos poucos cumprir o seu objetivo financeiro de longo prazo”, aconselha o diretor do Easynvest, Amerson Magalhães.

 

(*) Amerson Magalhães – Diretor do Easynvest. Graduado em ciências econômicas e pós graduado em finanças. Atua em instituições financeiras há mais de 20 anos e participou da criação do Easynvest, plataforma de negociações pela internet da Título Corretora de Valores.

  

Fonte: Ernani Fagundes

Sobre o autor:
Equipe RME

OUTRAS NOTÍCIAS

2014

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.